Comunicação - Notícias

Trabalho Noturno: consequências para a saúde

07/03/2018

Trabalho Noturno: consequências para a saúde

 

Trabalhar no turno da noite pode ter consequências bem mais graves do que a troca de sonos

 

5 anos de trabalho em horário noturno rotativo são suficientes para se verificar uma redução da esperança média de vida e o aumento do risco de se morrer em consequência de acidente cardiovascular, sendo as mulheres o grupo mais afetado.

As mulheres que trabalham 15 ou mais anos na mesma situação estão mais propensas a morrer de cancro no pulmão.

São várias as investigações realizadas sobre este tema que ligam os turnos da noite a um decréscimo na qualidade da saúde.

A Organização Mundial da Saúde tem vindo a comparar os turnos noturnos aos riscos cancerígenos presentes no tabaco, com base na associação do trabalho com estas características ao aumento de problemas cerebrais e de coração.

 

A vigilância da saúde dos trabalhadores é essencial para prevenir consequências dos riscos associados ao desempenho das suas funções.

 

CONTACTE-NOS PARA MAIS INFORMAÇÕES!

 

 

Fonte: Visão

 

Voltar às notícias
Clique aqui - Ligamos Grátis Clique aqui
Ligamos Grátis