Comunicação - Notícias

DGS confirma primeiro caso de sarampo em Lisboa

28/03/2018

DGS confirma primeiro caso de sarampo em Lisboa

 

São já 71 os casos de sarampo confirmados em Portugal.

 

A DGS, por intermédio da Diretora-Geral Graça Freitas, confimou o primeiro caso de sarampo em Lisboa.

O doente, um homem de 39 anos, está internado desde ontem, terça-feira, no Hospital de Santa Maria, tendo estado recentemente no Ruanda e no norte do país.

O número de casos confirmados ascende já a 71, sendo que 58 já estão curados.

Os infetados são todos adultos, sendo a maioria profissionais de saúde.

De acordo com o último Boletim Epidemiológico elaborado pela Direção-Geral da Saúde e pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, 14% dos doentes não estavam vacinados e 9% tinham o esquema vacinal incompleto.

 

A DGS recomenda, assim, a verificação dos boletins de vacinas e a vacinação, como principal medida de prevenção.

 

Mas o que é o sarampo?

O sarampo é uma das doenças infeciosas mais contagiosas, podendo provocar doença grave, principalmente, em pessoas não vacinadas.

As pessoas vacinadas poderão, de alguma forma, estar sujeitas à doença, mas com o quadro clínico mais ligeiro e menos contagioso.

 

Quais os sintomas?

Os sintomas iniciais são febres altas, conjuntivite, grande produção de catarro e tosse. Um ou dois dias depois, aparecem pequenos pontos brancos no interior da boca e, posteriormente, surge uma mancha vermelha, normalmente, no rosto, que se espalha depois para o tronco e para os membros interiores. No final da primeira semana, ocorre uma descamação fina de toda a pele.

Os sintomas manifestam-se entre 10 a 12 dias posteriores ao contágio e perduram entre 7 a 10 dias.

 

A DGS recomenda também que, em caso de sintomas sugestivos de sarampo que se evitem deslocações e  o contacto com outras pessoas.

 

 

 

Fonte: TSF

 

Voltar às notícias
Clique aqui - Ligamos Grátis Clique aqui
Ligamos Grátis