Comunicação - Notícias

Apenas um em cada quatro portugueses cumpre mínimos de atividade física recomendados. Estado intervém.

20/04/2018

Apenas um em cada quatro portugueses cumpre mínimos de atividade física recomendados. Estado intervém.

Estado intervém com a apresentação de Plano de Ação Nacional para a Atividade Física para combater hábitos dos portugueses considerados alarmantes pela Direção-Geral da Saúde

 

Duas horas e meia por semana a fazer atividades simples como andar, subir escadas, entre outras, são os mínimos de atividade física aconselhados pelos médicos e outros especialistas em saúde. Apenas um em cada quatro portugueses cumpre estes mínimos.

A situação é, por isso, alarmante, de acordo com a Direção-Geral da Saúde. Nesse seguimento, foi criado o Plano de Ação Nacional para a Atividade Física, que será apresentado hoje pelo Governo.

A iniciativa, que juntou seis Secretarias de Estado, reforça que a atividade física não tem de ser, obrigatoriamente, desporto. Mudar pequenos comportamentos diários em prol de uma maior atividade, contribuirá para uma vida mais saudável e com menos doenças.

Para além de atividades simples, como jardinagem, passear o cão durante mais tempo, optar por utilizar escadas em vez de elevador, algumas das sugestões passam por otimizar o tempo que passamos no nosso trabalho: fazer reuniões em pé, utilizar a casa de banho mais distante ou mesmo subir ou descer um piso para ir a uma impressora.

O Ministério da Saúde salienta que a promoção da atividade física é uma das prioridades de todo o Governo e que a plataforma digital criada por este plano terá muita informação útil e tecnicamente validada.

Estima-se que cerca de 14% das mortes em Portugal estejam associadas à inatividade física acima da média mundial, contribuindo muito para várias doenças crónicas.

 

Fonte: TSF

 

 

 

 

 

 

Voltar às notícias
Clique aqui - Ligamos Grátis Clique aqui
Ligamos Grátis